SaúdeSlider

Regresso da Urgência fora do “radar” do Ministério da Saúde

O secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras, disse ontem desconhecer se o seu Ministério tem intenção de reabrir o Serviço de Urgência Básica no Hospital Dr. Francisco Zagalo, de Ovar.

Em declarações ao OvarNews, o governante explicou que o tema “tem a ver com as redes de referenciação” que estão sob alçada do Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, mas confessou: “Não tenho indicação se está a ser considerado ou não”.

Um recente projecto de resolução do CDS defendeu ser “importante que o Hospital dê resposta aos utentes com pequenas urgências, evitando assim não só a sobrecarga do Hospital São Sebastião [na Feira], mas, sobretudo, acentuando a sua característica de hospital de proximidade”.

Em Ovar, CDS-PP, BE e PCP falam reiteradamente de promessas do actual Governo de concretizar a abertura de um atendimento que possa permitir a prestação de um serviço de saúde alargado para casos urgentes.

Actualmente, o Hospital Francisco Zagalo assegura as especialidades de Medicina Interna, Pediatria, Cardiologia, Dermatologia, Medicina Física e Reabilitação, Cirurgia, Ortopedia, Urologia, Otorrinolaringologia e Oftalmologia, além do Bloco Operatório e de vários meios complementares de diagnóstico e terapêutica. Através de uma Unidade de Convalescença, integra ainda a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo