EmpresasSlider

Ideias de negócio ganham ecossistema para crescer (DA)

O Espaço Empreendedor de Ovar foi ontem inaugurado com o objectivo de “apoiar e potenciar a criação de novas ideais de negócio e novas empresas, assente num crescimento inclusivo”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro. Falando no seminário sobre Empreendedorismo e Empregabilidade, que assinalou a entrada em funcionamento do espaço, o edil disse que “o nosso Executivo faz o que pode a esse nível, baixando impostos, de modo a tornar o município amigo das empresas, quer das que já cá estão, quer das que pensam em vir para cá”.

História do imóvel

O Espaço Empreendedor não nasceu para este efeito. Começou por ser um bar que passou por várias mãos. Até que, numa noite, de Janeiro de 2008, foi devorado pelas chamas. De acordo com o que foi possível apurar na altura, o incêndio pode ter sido um ajuste de contas e ateado por alguém que conseguiu entrar no bar, pelas traseiras, após o horário de encerramento. Os criminosos regaram a casa com gasolina e atearam-lhe fogo em seguida.

A Câmara Municipal de Ovar decide então adquirir o imóvel para lá instalar um espaço para acolhimento de negócios criativos, que atraia empresas e pessoas que pretendam desenvolver ideias, projectos, produtos e negócios no âmbito do sector cultural e criativo. Destinado a agentes independentes que queiram iniciar/desenvolver ideias de projectos e negócios, e a projectos e negócios em desenvolvimento, a ideia inicial era conceber um programa de empreendedorismo que responda às necessidades dos agentes e negócios do sector cultural e criativo; facilitar o acesso da comunidade aos agentes de apoio ao empreendedorismo, através do estabelecimento de parcerias; criar uma rede de equipamentos e serviços de apoio e estímulo ao setor criativo – da ideia ao negócio.

Depois de um investimento global de 550 mil euros ao abrigo das RUCI – Redes Urbanas para a Competitividade e Inovação, o espaço seria inaugurado no Dia do Município de Ovar de 2013, pelo então presidente da autarquia Manuel Alves de Oliveira, e desde então ficou à espera para poder acolher a Incubadora de Empresas do Município de Ovar, criada no âmbito do programa IERA (Incubadora de Empresas de Região de Aveiro), um projecto de parceria entre a Universidade de Aveiro (UA), a CIRA (Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro) e a AIDA (Associação Industrial do Distrito de Aveiro). *com Diário de Aveiro

Artigos relacionados

Deixe uma resposta