Política

PCP critica anúncio de recandidatura

O PCP de Ovar diz que as próximas eleições serão as legislativas, dentro de aproximadamente seis meses, pelo que o “anúncio de candidaturas a outros actos eleitorais apenas pode interessar a quem queira distrair o povo do essencial: a necessidade de usar o seu voto nas legislativas para romper com a política de direita”.

O PCP considera que “no curto espaço de tempo desde as últimas eleições autárquicas, o executivo PSD em Ovar tem comprovado por diversas vezes não ser alternativa ao PS, num mandato marcado pela subordinação a interesses governamentais que nada têm a ver com os interesses da população de Ovar”.

A privatização dos CTT; a venda da participação na ERSUC e apoio à privatização da EGF; a incapacidade de exigir investimento na Pousada da Juventude; a incapacidade para actuar junto da ADRA são os exemplos apontados pelos comunistas que perspectivam “ainda posições preocupantes para o futuro, como o apoio manifestado à municipalização da saúde ou à privatização da Pousada da Juventude, assumidas pelo presidente em plenários da Assembleia Municipal”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta