EmpresasPrimeira Vista

Rosendo Costa: “Vistos Gold são plano de contingência face a crise política na região”

A crescente fuga de capitais de Hong Kong, como plano de contingência dos residentes locais face à crise política na região semiautónoma, tem beneficiado o regime dos vistos ‘gold’ em Portugal.

“Os clientes oriundos de Hong Kong deixaram de ser exceção e passaram a ser a regra no nosso escritório”, conta o advogado ovarense Rosendo Guimarães da Costa, radicado há cinco anos em Pequim.

“Antes, os clientes de Hong Kong correspondiam a menos de 5% do total da procura na China, mas desde há três meses passaram a constituir cerca de 80%”, detalha, em declarações à Lusa.

O advogado vareiro nota que a “concorrência também tem tido bastantes clientes de Hong Kong” e que recentemente se passaram a realizar mais eventos no território para atração de investimento, não só para Portugal, mas também para Malta, Grécia, Espanha ou Chipre, outros países europeus que mantêm regimes semelhantes. (Ler artigo completo)

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo